UGT Global 193/2016

Boletim de Informações Sindicais, Ano 9 nº 193 – 15 de Setembro de 2016

Leia neste número:

UGT defende Direitos dos Trabalhadores – A União Geral dos Trabalhadores (UGT) divulgou nota na tarde desta segunda-feira, 12, na qual afirma ser “contra reformas que retirem direitos dos trabalhadores”. O documento surge no momento em que o governo Michel Temer espalha rumores sobre mudanças profundas nas áreas trabalhista e previdenciária.

Sem renda, quem vai consumir? – Presidente da União Geral dos Trabalhadores, a UGT de franco crescimento e forte presença no setor de serviços e no comércio, Ricardo Patah é um sindicalista cuja rotina inclui viajar permanentemente pelo Brasil. “O presidente Temer que não se engane”, alerta ele nesta entrevista ao BR 2 Pontos. “Se ele e seu governo insistirem nessas ameaças de precarização do trabalho e do trabalhador, as manifestações, as vaias e o desapreço da população por sua gestão vão crescer muito além dos grandes centros. Temer irá se deparar com uma verdadeira muralha de descontentamento por onde quer que passe”.

Intransigência dos banqueiros fortalece Greve – Durante a rodada de negociações realizada na tarde desta terça-feira, dia 13, os banqueiros mais uma vez mostraram a sua intransigência. “Não houve nenhum avanço em relação proposta apresentada anteriormente, não nos restando alternativa, senão a manutenção da greve” informou o presidente da Contec, Lourenço Prado.

Trabalho infantil persiste no Brasil – Mais de três milhões de crianças ainda estão em situação de trabalho infantil no Brasil. O problema foi foco do debate promovido pelo Programa Arise em seminário realizado em Porto Alegre nos dias 18 e 19 de agosto.

Sindicatos cobram ação do G-20 – A reunião do G-20 em Hangzhou ocorre em um momento de crise social persistente e do crescimento. Os líderes do G20 precisam agir para garantir o crescimento do emprego através de políticas expansionistas da demanda.

STF inova e coloca em risco direitos – O Supremo Tribunal Federal (STF) ao decidir sobre a prevalência do negociado sobre o legislado na última terça-feira (13/09) coloca em risco os direitos de milhares de trabalhadores. Ou seja, a famigerada reforma trabalhista começa a se instaurar.

UGT Mulher na reunião da CSA na Guatemala – A secretária da Mulher da UGT Nacional, Regina Pessoti Zagretti, participou do encontro internacional realizado na cidade de Antigua, na Guatemala, entre os dias 1 e 4 de setembro.

DIEESE: Boletim de Conjuntura – Risco e insegurança: pano de fundo da paisagem brasileira. Elevado desemprego e recessão econômica aumentam risco de regressão na regulação trabalhista e aprofundam a dependência externa

Marcos Afonso Oliveira

UGT Comunicação e Divulgação

comunicacao@ugt.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s