UGT Global 200/2017

Boletim de Informações Sindicais Ano 9 nº 200 05 de Janeiro de 2017

Leia neste número:

O Brasil é maior que a crise – A União Geral dos Trabalhadores – UGT tem plena consciência da situação social e econômica do país neste inicio de 2017. Com 12 milhões de desempregados e salários em queda, é critica a situação das famílias trabalhadoras brasileiras. … A UGT tem essa consciência, mas tem, também, plena consciência do potencial do Brasil e da capacidade de resistência das famílias trabalhadoras e de seu povo. O Brasil é maior que a crise e vamos superar essa situação começando já a partir deste ano. Feliz 2017! Ricardo Patah, presidente da União Geral dos Trabalhadores

Salários reajustados abaixo da inflação – De acordo com dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), o percentual de reajustes salariais abaixo da inflação chegou a 50% das negociações no acumulado até outubro de 2016. Em outubro de 2015, esta parcela estava em 20%, e em 2014, a proporção ficou em 5%.

Salário Mínimo é fixado em R$ 937,00 para 2017 – A partir de 1º de janeiro de 2017, o valor do salário mínimo será de R$ 937,00, conforme anunciado pela presidência da República. Este valor representa 6,48% sobre os R$ 880,00 em vigor durante 2016.

Já são 12 milhões de desempregados – Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no dia 29 de dezembro mostram que o desemprego ficou em 11,9% no trimestre encerrado em novembro, atingindo 12,1 milhões de pessoas. Este é o maior percentual desde o início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), que começou em 2012.
UAW agradece apoio da UGT – Em carta assinada pelo seu presidente e secretário geral, o Sindicato Internacional dos setores Automobilístico, Aeroespacial e de Implementos Agrícolas – UAW agradece ao apoio da UGT e do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, pelos protestos realizados durante a edição de novembro do Salão do Automóvel e que tiveram repercussão internacional. A seguir a íntegra da carta:

Lei de Migração precisa resguardar direitos – Aprovação do Projeto de Lei 2.156/2016 pela Câmara dos Deputados é resultado de amplo esforço da sociedade civil organizada, refletindo visão humanitária sobre o estrangeiro. Durante seu 12º encontro nacional, ocorrido no começo de dezembro em Brasília, a Rede Solidária para Migrantes e Refugiados (RedeMir) comemorou a aprovação.

Metalúrgicos de Angra promovem ato no Brasfels – Com o objetivo de transmitir aos trabalhadores as ações empreendidas em favor da garantia da empregabilidade, bem como os resultados dos protestos realizados com o apoio da União Geral dos Trabalhadores do Rio (UGT-RJ) – o último deles com presença do ex-presidente Lula –, os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis realizaram, em 16 de dezembro, assembleia em frente ao estaleiro Brasfels.

Siemaco participa de projeto para moradores de rua – Moacyr Pereira, presidente do SIEMACO-SP (Sindicato dos Trabalhadores de Asseio e Conservação) e secretário nacional de Finanças da UGT nacional participou, na manhã desta quinta-feira (05), de uma reunião com o prefeito de São Paulo João Dória Jr.

Trabalhadores de Petrópolis protestam contra pacote – O Movimento Sindical de Petrópolis realizou, em 19 de dezembro, um ato contra o “pacote de maldades”, um conjunto de medidas elaboradas pelo governo do presidente Temer que, na opinião das lideranças, impõe sacrifícios e perdas para os trabalhadores, aposentados e a população em geral.

O Be-A-Bá do Crescimento Já – Roberto Luis Troster, nesta edição do Instituto de Altos Estudos da UGT mostra “que é factível voltar a crescer rapidamente”. Segundo ele, “embora o desequilíbrio fiscal seja importante e deva ser enfrentado, o principal componente da crise é a dinâmica do crédito privado. A evidência é contundente em apontar a responsabilidade da dinâmica do crédito pelas dificuldades da economia do País”.

Marcos Afonso Oliveira
UGT Comunicação e Divulgação
comunicacao@ugt.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s